Mictório Unissex

Os melhores vídeos do YouTube (música)

Posted in Arte, Internet, Listas, Música, Vídeos by Igor on 24/06/2013

YouTubeDesde 2005 a descoberta de músicas na internet ficou muito mais fácil. Antes, as pessoas apenas usavam a internet para baixar ou ir atrás daquelas músicas que elas já conheciam. Hoje a visibilidade é muito maior com a ajuda do YouTube. Você pode ouvir músicas que nunca tinha ouvido antes em lugar nenhum a hora que você quiser, com a ajuda do streaming revolucionário do site. Aqui eu reuni uma lista dos melhores vídeos musicais do YouTube (na minha opinião, claro).

Bobby McFerrin improvisando no Sing!

 

A versão de 11 minutos de You Need Me do Ed Sheeran

 

Três vídeos sarcásticos e extraordinários do Tim Minchin

 

 

 

NADADENADADENADADENADADENADADE

 

Um mashup ao vivo do Madeon

 

O VHS com iPhone

 

Um cover acústico de Daft Punk… Numa igreja

 

Um remix com autotune da entrevista da Sweet Brown

 

E pra terminar em grande estilo…

Um cover tenor, ventage e irlandês de Get Lucky

 

See ya in another post, brothers.

O copyright no YouTube e blá blá blá

Posted in Arte, Com desabafo, Internet, Música, Tecnologia, Vídeos by Igor on 21/09/2011

O YouTube é o site de streaming online de vídeo mais visitado e utilizado na internet. O site foi criado em 2005 por Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim com a proposta de compartilhamento de vídeo, que ultimamente vem sendo mudada para compartilhamento de sua arte – e só sua arte.

Foi lançado há algum tempo uma ferramenta que identifica a ID do vídeo e áudio do arquivo e verifica se o mesmo tem registro de copyright por parte de alguma empresa associada ao sistema. Se você posta um vídeo com 2 segundos de uma música com copyright, seu vídeo é bloqueado ou será adicionado anúncios a ele, e, se algum dia, a empresa responsável pela produção do material resolver te foder a vida, pode te acusar de infringir direitos e cancelar sua conta.

É difícil dizer se tal atitude por parte das companhias e do YouTube é correta, já que é completamente compreensível que produtos registrados não devam ser usados sem supervisão ou aprovação do proprietário dos direitos. Mas e o artista? Se tudo fosse como é no YouTube, estaríamos ferrados.

Um vídeo considerado legítimo pelas normas do YouTube seria um vídeo com imagens suas, áudio seu, música sua, e tudo seu! Não existe compartilhamento de informação por criação ou arte. É tudo burocracia! Se as normas tivessem sido seguidas desde o começo, posso dizer que pelo menos metado dos vídeos viralizados no YouTube não seriam o que são. O que seria do Evolution of Dance sem as músicas? O que seria do gordinho Numa Numa sem a música? O que seria do garoto pianista e prodígio que cantou Lady Gaga no show de talentos e ficou famoso? Nada.

O YouTube deveria criar um formulário na inscrição que seria avaliado posteriormente para aí sim a conta ser liberada. Um formulário com informação do que era preciso para que os vídeos não fossem bloqueados. Perguntas como “pretende usar material de terceiros?” e “contate o dono desse material” faria tudo mais fácil. Sejam sensatos.

Não importa se o trecho do material usado é menor que 30 segundos, ou que você tenha comprado o CD. O material NÃO deve ser disponibilizado se não for completamente criado por você.” Disse o YouTube… Concordo que não se deve colocar o material completo – como episódios inteiros de seriados ou novelas etc.-, mas não é por isso que devemos sofrer por usar material não produzido por nós. Acredito que, hoje em dia, pouco tem produção integral pertencente a apenas uma pessoa. Pouco.

YouTube não ficou famoso por vídeos caseiros. Hoje a maioria consiste em vídeos caseiros, mas no começo, YouTube era uma alternativa de streaming de qualquer tipo de material. É preciso fazer com que empresas maiores entendam que a disponibilização de parte do conteúdo original é também uma forma de distribuição e divulgação. E não pagariam nada por isso! O sistema é kinda burro.

Se não podemos ter televisão na internet, então porque a televisão pode ter a internet?

O invasor de camas

Posted in Humor, Internet, Música, Vídeos by Igor on 08/09/2010

Ele está subindo as janelas, destruindo seu povo, até tenta estupro. E por isso você precisa esconder seus filhos, sua esposa e o seu marido, porque eles estão batendo em todos aqui. Você não precisa vir e confessar, nós estamos te procurando. E vamos te achar… Então, você pode sair e contar pra todo mundo, babaca.

Home boy…

Um vídeo subido 1,000 vezes no YouTube

Posted in Internet, Vídeos by Igor on 06/06/2010

Um cara chamado Patrick Canzona resolveu criar um projeto chamado I Am Sitting In A Video Room, que tem como proposito mostrar às pessoas como um arquivo digital com áudio e vídeo se deforma se consideradas as perdas de qualidade para fácil streaming. Ele subiu um vídeo explicando sobre o projeto, baixou esse vídeo do YouTube, subiu de novo e fez isso de novo por 1,000 vezes, até que conseguiu o resultado que esperava. No último vídeo não é possível determinar o que acontece nem o que é falado. Veja abaixo os vídeos 1 e 1.000 e veja a diferença. Para ver o resto, clique no nome de usuário no começo do post.

1

1,000

O projeto demorou pouco mais de um ano para ser concluído.

Father and Friend

Posted in Internet, Música, Vídeos by Igor on 03/12/2009

Nos EUA ninguém odeia os pais, todo mundo respeita os costumes, hinos e canções. Bem diferente do Brasil, onde tem amigo matando os pais à pauladas e outros jogando filha de prédio e de avião. Legal, Brasil! 500 anos de inutilidade. Mas whatever, né? Vim aqui pra apresentar-lhes essa fantástica música que acabo de descobrir pelo YouTube… É, quem achava que o YouTube não fazia-nos descobrir coisas, pode mudar seu conceito. Ou não.

São poucas as vezes que a gente entra no YouTube falando “ah, vou ver um vídeo legal” e sai satisfeito. Aliás, acho que isso não existe, mas tá. Hoje isso aconteceu comigo! Olha, que belezinha. O vídeo é, na verdade, o videoclipe da música Father & Friend, que Alain Clark (not Kent) fez pro pai dele – que cantou junto na música. Eu, que nem conheço e nunca nem tinha ouvido falar do cantor, me emocionei com o vídeo. Imagine os fãs… Hehe, assista.

Lindo, lindo!

P.S.: RIP Leila Lopes e Lombardi.