Mictório Unissex

Os melhores vídeos do YouTube (música)

Posted in Arte, Internet, Listas, Música, Vídeos by Igor on 24/06/2013

YouTubeDesde 2005 a descoberta de músicas na internet ficou muito mais fácil. Antes, as pessoas apenas usavam a internet para baixar ou ir atrás daquelas músicas que elas já conheciam. Hoje a visibilidade é muito maior com a ajuda do YouTube. Você pode ouvir músicas que nunca tinha ouvido antes em lugar nenhum a hora que você quiser, com a ajuda do streaming revolucionário do site. Aqui eu reuni uma lista dos melhores vídeos musicais do YouTube (na minha opinião, claro).

Bobby McFerrin improvisando no Sing!

 

A versão de 11 minutos de You Need Me do Ed Sheeran

 

Três vídeos sarcásticos e extraordinários do Tim Minchin

 

 

 

NADADENADADENADADENADADENADADE

 

Um mashup ao vivo do Madeon

 

O VHS com iPhone

 

Um cover acústico de Daft Punk… Numa igreja

 

Um remix com autotune da entrevista da Sweet Brown

 

E pra terminar em grande estilo…

Um cover tenor, ventage e irlandês de Get Lucky

 

See ya in another post, brothers.

Anúncios

Resumo da minha vida em Junho

Eu pensei em fazer mais um vídeo fazendo um resumo dos meus favoritos de Junho mas a minha câmera tá sem pilha, as pilhas que eu compro não funcionam direito e eu já cansei de tentar fazer essa merda desfocativa funcionar. Então eu vou fazer em texto mesmo, desculpa os que não sabem ler, mas né, vamos lá.

A Guerra dos Tronos

Eu comprei finalmente esse livro que tanto se fala sobre. Demorei mesmo. Eu tava esperando ler pra assistir o seriado, mas já até tinha desistido. Recebi um dinheiro do tráfico de um trabalho que eu fiz e aí pude comprar esse tijolo de 50 reais. Tenho críticas grande sobre a edição, mas primeiro vamos falar da narrativa.

Fiquei muito confuso quando comecei a ler. Primeiro porque os capítulos têm nome de personagens. E segundo que os nomes são todos muito difíceis e parecidos, o que me faz não saber direito se eu conheço o personagem que me apresentam ou se é outro com o nome parecido. Acho que um pouco disso aconteceu porque eu estava tentando ligar o nome ao ator que interpreta o personagem no seriado, cujo vi o primeiro episódio. Mas já estou pegando, tomara que não apareçam mais personagens.

A edição que eu comprei imagino ser a única versão lançada em português. Ela tem orelha, é muito bem impressa e as páginas são amarelas. Mas tem um problema: pelo livro ser muito grande, a editora provavelmente tenha querido cortar gastos e acabou fazendo as letras ficarem extremamente pequenas numa página quase sem margem. Isso faz a leitura ficar cansativa e os capítulos parecerem pequenos. Mas enfim, eu uso o óculos e tudo fica bem. Mas por favor, se alguém de editora estiver lendo isso, não poupem gastos! Façam edições lindas. Isso fará vocês ganharem mais dinheiro ainda.

Before Watchmen

Lá em 2009 participei de uma promoção do Jovem Nerd que daria aos vencedores a versão definitiva de Watchmen junto com dois DVDs relacionados às HQs e um jogo de PS3 baseado no filme. Ganhei com muito amor e li. Virei fã incondicional de todos os personagens, da HQ e do filme. Tenho minhas críticas mas não vem ao caso. Agora em 2012 o Darwyn Cooke decidiu lançar pela DC a série Before Watchmen pra contar a história do grupo de heróis que existiram antes dos Watchmen e que inspiraram os Watchmen à ação. Comecei a ler e já percebi que o estilo é muito parecido com o de Watchmen e embora os desenhos deixem explícita a vontade de reproduzir fielmente a série original, o autor dos desenhos novos está saindo um pouco do que é conhecido pelos fãs, principalmente quando desenha personagens mulheres já conhecidas da série original. Mas enfim, né.

Skrillex – Bangarang

Pois é, dubstep me conquistou desde quando ouvi pela primeira vez. Eu sabia que esse estilo de música era o que estava faltando na minha vida. Baixei várias coisas, inclusive o CD do seriado Skins, que tem muito dubstep, e junto o CD do Skrillex, o Bangarang. CD muito bom. Pra quem gosta de dubstep e Skrillex é, com certeza, o melhor dele.

Linkin Park – LIVING THINGS

O Linkin Park finalmente lançou o álbum novo. Living Things saiu primeiro no iTunes e depois dia 16 de Junho teve o lançamento oficial. O álbum nem chega aos pés de A Thousand Suns, mas é bom. Melhor que o Minutes to Midnight. Nem vou falar muito aqui sobre isso porque já falei bastante de Linkin Park há pouquíssimo tempo aqui.

Tim Minchin & The Heritage Orchestra Live At The Royal Albert Hall

Já falei de Tim Minchin também, né, mas nunca é demais. O cara passou a vida de shows dele inteira fazendo performances só com seu pianinho e agora tem a Heritage Orchestra junto dele com arranjos maravilhosos para as músicas do show. Vale a pena dar uma olhada nesse sho absolutamente fantástico e totalmente diferente dos outros shows conhecidos dele. Vai aí navegar pelos mares piratas da internet que você acha o DVD para download.

E é isso, galera. Espero que vocês possam apreciar minhas dicas de leitura, música e todo o resto e até mês que vem, possivelmente com outro vídeo falando sobre as minhas conquistas intelectuais e amorosas do mês. Adiós.

Obrigado Deus!

Posted in Arte, Ateísmo, Ciência, Crônicas, Humor, Música, Religião by Igor on 20/06/2012

Devo-te desculpas. Temo ter cometido um grande erro. Me distanciei de você, Senhor. Estava cego demais para enchergar a luz. Estava fraco demais para sentir Seu poder. Fechei meus olhos, não conseguia ver a verdade, Senhor.

Mas aí, como Saulo na estrada de Damasco, me mandaste um mensageiro, então eu tive a verdade revelada a mim. Por favor, perdoa-me pelas coisas que disse. Nunca mais te trairei, Senhor. Rezarei, ao contrário, e direi “Obrigado, obrigado Deus. Obrigado, obrigado, obrigado Deus!”

Obrigado Deus por curar a catarata. Não tinha idéia, mas está tão claro agora. Me sinto tão sínico. Como posso ter sido tão idiota?

Obrigado por me mostrar como a oração funciona: uma oração especial, numa igreja especial. Obrigado pela chance de conhecer este oftalmologista onipotente. Obrigado Deus por curar a catarata. Não tinha percebido que era tão simples, mas você me mostrou um exemplo de como pode ser feito.

Você tem que rezar num lugar específico, para versão específica de um deus específico, e você sarará. Ele curará a catarata de uma puta de classe média.

Eu sei que no passado minha perspectiva era limitada. Não conseguia ver exemplos de onde a vida era definitiva. Mas devo admitir quando a evidência é clara. Tão clara quanto as novas córneas. É extremamente claro! Extremamente claro!

Obrigado Deus por sarar a catarata. Devo admitir que no passado fui cético, mas com esse mistério descrito, estou dominado!

Obrigado por me mostrar como meu ponto de vista estava inundado. Achei que Deus não existia, mas vejo que isso é cínico. O problema é que os interesses dele não são exatamente… amplos. Ele não se importa com as massas passando fome, ou a desigualdade entre as várias classes. Ele dá passes restritos, que podem ser trocados por cirurgia ou óculos.

Agora entendo como a oração funciona: uma oração específica, numa igreja específica, num estilo específico, com coisas específicas, para problemas específicos, que não são específicos de certa maneira, e para pessoas específicas, de preferência brancas, para sentidos específicos, de preferência a visão. Uma oração específica, em um lugar específico, para uma versão específica de um deus específico.

E se você interpretar corretamente, ele pode dar um tempo na distribuição de malária para bebês e descer na sua casa e curar a sua catarata.

Amém.

(Adaptação da canção de Tim Minchin, “Thank You God”)