Mictório Unissex

Oi galera, tudo bem?

Posted in Internet, Política, Twitter, Vídeos by Igor on 31/03/2011

Era uma vez uma senhora que jogava todos os dias os jogos em flash da empresa PayMentez pelo Orkut, em especial o “Colheita Feliz”. O jogo, por falhas de administração responsável, colocou uma promoção no ar e não cumpriu o combinado aos vencedores. Essa mesma senhora fez um vídeo em reclamação à empresa dona da marca e correu atrás de seus direitos. O nome dela é Tulla Luana, também auto-intitulada “Web Diva”.

A moça ficou famosa. A revolta de uma consumidora é facilmente aceitável. A raiva e a frustração mostram humildade e confidencia. A questão foi: como uma mulher de mais de 30 anos pode perder dias da sua vida jogando jogos destinados às crianças?

Algumas pessoas começaram a postar informações pessoais da senhora Tulla Luana, como seu endereço, CPF e, principalmente dívidas não quitadas. Tulla Luana fez um vídeo “esclarecendo” sua situação, dizendo que é portadora de esquizofrenia e que por isso não consegue sair de casa, precisando de um entretenimento. Aceitável, se essa explicação não fosse totalmente recheada de xingos, palavrões, e ofensas.

Pronto. Começou a saga “Tulla Luana”.

A moça teve a magnífica idéia de desabilitar a avaliação e os comentários dos vídeos, o que faz com que ela não tivesse noção nenhuma da porcentagem das visualizações que realmente admira as atitudes dela e da que a odeia. Isso implicou numa falta de entendimento extremo. Tulla levou em conta apenas o numero de visualizações e, sem noção do que isso significa, se intitulou “Web Diva Tulla Luana”. Web Diva?

Uma das últimas e mais polêmicas atitudes da mulher foi pedir uma máquina Compacta Print a um ex participante do Big Brother Brasil e ao portal R7 da Rede Record. Ela pediu a máquina a essas entidades e não conseguiu. Ficou brava, bateu perna, e se arrependeu de se expor extremamente ao ridículo por uma máquina que apenas seria usada para confeccionar camisetas com a “marca” Web Diva Tulla Luana.

Ela ligou pra central de atendimento da Compacta Print e pediu pela máquina. Foi dito a ela que, se o Ratinho não aceitasse a proposta de ceder a máquina a ela, eles se encarregariam de dar a máquina. Um tempo depois, foi desmentido o fato da doação e Tulla se revoltou. Xingou a empresa e disse que vai processar. É assim que funciona pra ela. Se ela não consegue por caridade, ela consegue pela justiça. Maquiando um motivo racional ao ponto de vista da justiça. Julguem.

Senhora Tulla, as vezes é preciso um pouco de bom-senso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: