Mictório Unissex

Dilma é a mentirosa da rodada?

Posted in Com desabafo, Política, Texto by Igor on 26/10/2010

Ontem tivemos mais um debate presidencial colocando frente a frente Dilma Rousseff do PT e José Serra do PSDB. Mais uma vez, José Serra, que não cansa de insultar Dilma com apelidos xulos como “mentirosa”, “hipócrita” e “pau mandado”, se gabou todo o tempo de grande desenvolvimento que seu governo estadual trouxe ao Estado de São Paulo. Mas será mesmo que é a Dilma que mente em campanha candidato? Vamos expor alguns fatos.

Em escolas estaduais do interior de São Paulo, a situação é a seguinte: a falta de professores e até de substitutos faz com que alunos do Ensino Médio não tenham aulas. Salas vazias pela simples falta de incentivo e interesse que deveria partir dos professores, depredadas, por falta de segurança e vistoria, falta de comunicação, inimizade entre coordenação e alunos… Fatores causados pelo mau governo estadual.

José Serra se gaba pela educação no Estado de São Paulo, mas acho que o senhor governador não tem a mínima noção do caos que o governo dele construiu. Argumentos como “a melhor avaliação do Brasil” são ridículos, pelo simples fato que professores e coordenação são obrigados a dar notas a alunos repetentes para que a avaliação continue a subir. Se o famoso “passe automático” não acontecer, o índice cai e os professores e escola responsáveis sofrem conseqüências como diminuição de salário e diminuição de benefícios implantados em recursos educacionais.

Vou relatar abaixo algumas situações que ocorreram esse ano na minha escola, que é pública, estadual e situa-se no interior de São Paulo.

Há alguns anos todos os forros e telhados das salas de aula foram trocados, com verba do governo. Bom, se não fosse a baixa qualidade do material – conseqüência do baixo valor disponibilizado pelo governo – e mão de obra. Meses se passaram e tudo começou a despencar. A primeira ocorrência foi no ano passado. A escola fez boletins de ocorrência e conseguiu verba para arrumar o estrago. Bom, se o estrago não tivesse sido consertado apenas na sala em que o desastre tinha acontecido. Um ano depois, a vítima sou eu. O forro da minha sala caiu durante a aula no período da tarde, deixando muitas crianças que estudam na mesma área assustadas e traumatizadas. O fato foi parar nos jornais e teve repercussão intermunicipal.

Pra esse caso também foi feito boletim de ocorrência pela escola e pedida verba, só que antes mesmo do retorno do governo, uma tempestade atingiu a cidade e mais duas salas ficaram sem forro, além de uma árvore que caiu e quebrou o muro da escola. Alunos estudando na quadra de esportes, no pátio, e nós, como fomos os primeiros a ficar sem sala, tivemos a sorte de ter uma sala vazia no fundo da escola, que era usada como depósito de material inutilizado.

Uma supervisora da Diretoria da Educação da cidade de Bauru, perto da cidade onde fica a escola, veio vistoriar a situação e constatou que o pedido de verbas era urgente, mas que mesmo assim a verba só viria em dois ou três meses. A escola recebeu indicação de paralisação das aulas durante esses dois meses, só que uma das salas (a minha) é do terceiro ano do Ensino Médio, o que complica tudo, já que dois meses era o prazo para o fim do ano letivo.

Essa é apenas uma das mil e uma situações absurdas que acontecem na escola estadual, que é culpa do governo estadual e da falta de verbas e que só quem convive sabe. E José Serra ainda tem coragem de se gabar por coisas como essas…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: