Mictório Unissex

Crítica: Glee

Posted in TV by Igor on 22/04/2010

Entendo o porquê de algumas pessoas gostarem de Glee: o senso crítico degradado. Não colocar o senso crítico em ação quando aquela cena te deixa sonolento é o mesmo que ligar o “foda-se” quando um político rouba dinheiro do seu imposto, só que num nível de escala bem, beeeem menor.

Criticar não é falar mal. Criticar é expor características que possam apontar a causa da sua opinião. Uma crítica deve ser levada a sério e respeitada. Ninguém tem o direito de fazer uma pessoa querer pensar de outra maneira. Do mesmo jeito que eu não quero fazer quem gosta deixar de gostar, não quero gente enchendo o saco e falando que eu devo gostar.

Quando Glee começou, me agradou. Por quê? Vejamos: As músicas dos episódios são sempre músicas populares e pertinentes, que fazem a gente se apaixonar rapidamente pelo que as apresenta. Achei boa as escolhas de música, e a idéia do seriado. Um seriado musical é um seriado musical. Não é música. Assim como também não é só uma série. Um seriado musical deve ter a idéia por trás do roteiro muito bem elaborada e apresentada com as músicas ligando fatos e complementando assuntos. Glee não faz isso. Ou pelo menos tenta às vezes.

No episódio do dia vinte de Abril de 2010, o episódio “The Power Of Madonna”, tivemos duas cena que considerou genialmente a relação roteiro-música. A primeira cena mostrava os membros homens do clube glee cantando uma música da Madonna como se estivessem tentando entender as mulheres. Essa cena foi complementar ao roteiro, levando em consideração que alguns personagens vêm elaborando problemas de relação. A outra cena, ao som de Like A Virgin, foi complementar à idéia de que três personagens do elenco central estavam tentando perder – figurativamente – a virgindade.

A genialidade dessas duas cenas não foram nenhuma vez no seriado tomadas a sério. A forma como as músicas são apresentadas no episódio meio que são comerciais. Momentos pra descansar do enredo fraco que a série tem. Nesse mesmo episódio, estavam todos conversando sobre a vida sexual da personagem principal, quando o professor interrompe a conversa e a mesma menina diz que tem uma idéia e começa a cantar uma música nada a ver com o assunto. Oi? Eu sei que é tenso apontar os erros de um episódio, mas foi o meio que eu encontrei de fazer quem gosta entender meu ponto.

Um seriado pode ter dois tipos de enredo: aquele que, em cada episódio vemos uma história nova, e aquele que cada novo episódio continua o anterior. Glee não usa nenhuma dessas duas características de enredo, o que me deixa confuso. Querem fazer uma história contínua, mas de repente fazem um episódio falando sobre virgindade no meio dos ensaios para um concurso? Confuso. Glee é um seriado bagunçado. Quem quiser assistir pelas músicas, deve ver só as músicas, e quem quiser assistir pela história, precisa estudar. O seriado está no 15º episódio e ainda não disse a que veio. Por isso o seriado me deixa aflito. É bagunçado.

Anúncios

5 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Davi said, on 05/10/2010 at 00:52

    Patético.
    Critica sem fundamento e sem visão profissional. a série é visionária, original, divertida e com roteiro ótimo e direção exelente!

  2. Thiago Carlos said, on 20/10/2010 at 17:38

    Olá!
    Tive contato com a série recentemente, por incentivo de um amigo músico, que, assim como eu, interessa-se muito pela temática de séries quanto estas intercalam os textos com músicas.Daí que estava eu vendo alguns vídeos do Glee na internet e me veio à cabeça a idéia de procurar alguma crítica sobre a série.Lá estava a sua, no topo.
    Seu texto é muito bem escrito, parabéns. Mas talvez à alguém que já está assistindo ao programa ela não pareça coerente em um ponto, quando você diz que o Glee não mostrou ainda a que veio. Oras, temos um personagem central (o professor) que, um tanto quanto frustrado pelo passado, resolve assumir o clube. Todos os integrantes são adolescente, logo, cheio de conflitos típicos da fase. Além de “mentor” musical, o professor torna-se amigo e conselheiro dos garotos, então as músicas cercam esse relacionamento. Mencionou apenas o “The power of Madonna”, mas em um dos episódios a única cantora negra do grupo canta “beautifful” (Aguilera). Neste mesmo episódio a temática era “aceitação”. Não vê ligação nisso?
    Vamos continuar assistindo Glee em vez de Malhação!
    Mais uma vez, parabéns pelo texto. Você estuda comunicação?

    • Igor said, on 20/10/2010 at 18:53

      Obrigado! Não estudo não, ainda estou terminando o Ensino Médio, mas pretendo, depois de me formar em Midialogia e Audiovisual.

  3. Glee: Mais um besteirol americano said, on 18/04/2011 at 04:17

    […] “Entendo o porquê de algumas pessoas gostarem de Glee: o senso crítico degradado. Não colocar o senso crítico em ação quando aquela cena te deixa sonolento é o mesmo que ligar o “foda-se” quando um político rouba dinheiro do seu imposto, só que num nível de escala bem, bem menor.Criticar não é falar mal. Criticar é expor características que possam apontar a causa da sua opinião. Uma crítica deve ser levada a sério e respeitada. Ninguém tem o direito de fazer uma pessoa querer pensar de outra maneira. Do mesmo jeito que eu não quero fazer quem gosta deixar de gostar, não quero gente enchendo o saco e falando que eu devo gostar….Um seriado pode ter dois tipos de enredo: aquele que, em cada episódio vemos uma história nova, e aquele que cada novo episódio continua o anterior. Glee não usa nenhuma dessas duas características de enredo, o que me deixa confuso. Querem fazer uma história contínua, mas de repente fazem um episódio falando sobre virgindade no meio dos ensaios para um concurso? Confuso. Glee é um seriado bagunçado. Quem quiser assistir pelas músicas, deve ver só as músicas, e quem quiser assistir pela história, precisa estudar. O seriado está no 15º episódio e ainda não disse a que veio. Por isso o seriado me deixa aflito. É bagunçado.” Retirado de: https://mictoriounissex.wordpress.com/2010/04/22/critica-glee/ […]

  4. lele said, on 09/06/2011 at 12:41

    amooo gleeeeeeeeeeeeeeeeeeeee


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: